Golpistas e os vários genocídios

Postado em

Editorial RNA = 16.01.2017

Dentro do bioma Amazônia estão habitando em torno de 30 milhões de pessoas, entre as quais você ouvinte. Dessa população, mais de cem são povos com língua própria, cultura e territórios próprios. São os Kaiapó, Mundurukú, Tapirapé, e muitos outros povos. Desde a entrada dos invasores europeus vem se repetindo a exploração, dizimação e massacre os povos nativos. Já no final do século passado, em 1988 a constituição brasileira reconhece que esses povos nativos têm direitos que tem de ser respeitados. Eles tem tanto direitos, ou mais do que os outros brasileiros que chegaram aqui mais tarde.

Porém, nestes dias a constituição de 88 está sendo rasgada pelo governo golpistas de Michel temer, submisso às oligarquias latifundiárias e mineradoras, decide oficializar a invasão das terras indígenas para mineração e o agronegócio.

Faz isso nomeando um pastor protestante reacionário para presidente da Fundação Nacional do Índio, um latifundiário para assessor da FUNAI  no Mato Grosso do Sul, justamente onde o povo Guarani kaiwá está sendo exterminado por fazendeiros. Para presidente do INCRA Temer nomeia um grileiro de terras. O que se pode esperar dessa ditadura?

Com a PEC 55 o governo golpista estraçalha a vida dos pobres, estudantes e os que esperavam uma casa do programa. Com a PEC 300 o governo violenta a lei trabalhista e, favorece os empregadores patrões. Agora, amplia o perverso plano atingindo os povos indígenas do país. Até onde o governo imposto quer chegar? Não será surpresa o estouro de uma rebelião popular dos deserdados. As rebeliões dos presídios são um prenúncio do que acontecerá em breve se o governo não mudar seu plano perverso.

Aos povos indígenas só resta resistir, se armar para a guerra. Pois o governo já iniciou sua parte desta guerra criminosa contra 900 mil brasileiros dos povos indígenas. Onde está a COIAB? E a APIB?  Salvar seus companheiros é urgente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.