Tese de doutorado estuda Rede de Notícias da Amazônia

Postado em

EDIRORIAL RNA – 04.04.2017

Na Amazônia funcionam ao menos, dois tipos de comunicação de massa. Um, utiliza a comunicação persuasiva, direcionada a vender uma ideia, uma propaganda. É indutivo, não respeita o interlocutor. Um outro tipo de comunicação dá vez e voz à maioria dos interlocutores. No primeiro caso, está a maioria de emissoras de rádio e televisão comerciais.

No segundo tipo se incluem as rádios comunitárias, quando elas seguem as regras e respeitam seus interlocutores, lhes dando vez a voz. Outra rede que cabe neste segundo tipo de comunicação é a Rede de Notícias da Amazônia, com suas 15 emissoras de rádio, produzindo uma comunicação dialógica nos sete Estados da Amazônia. propaga as lutas dos movimentos sociais e a defesa do ambiente e da mãe natureza.

Esta rede de Notícias já vem marcando presença no cenário amazônico ´há oito anos, com dois programas radiofônicos, um de notícias diárias e outro de educação ambiental semanal.

Neste meio tempo, foi objeto de uma tese de doutorado da professora Antônia Costa da cidade de Boa Vista Roraima. Sua tese foi defendida na Universidade Unisinos do Rio Grande do Sul, com o tema: Belo Monte: vozes que clamam, um jornalismo ambiental e a Rede de Notícias da Amazônia. A orientadora da tese, professora Christa Berger, que escreveu o prefácio do livro tese disse: “Neste projeto há lugar para desilusão pela construção da hidroelétrica de Belo Monte, no Estado do Pará, mas também para esperança pela simples existência da Rede de Notícias da Amazônia, e acrescenta: No amplo espaço que comporta a Amazônia, a simples presença de uma Rede de Notícias por meio do rádio, já tem muito mérito. Se ainda dá voz aos omitidos das rádios oficiais, o mérito se amplifica”. Tal depoimento é um estímulo para  todos ouvintes, diretores da RNA e produtores de notícias. Algo realmente novo está ocorrendo na Amazônia a serviço dos povos tradicionais. O livro tese de Antônia Costa precisa ser lido por todos participantes das emissoras da RNA.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.