Será o fim do Mundo? sim e não!

Postado em

Análise da semana Nossa Voz é Nossa Vida – 002.10.2017

Afinal, estamos chegando ao fim do mundo, por acaso? Sim e não. Da parte de Deus certamente que não, pois ele é o Deus da vida, tanto dos seres humanos, como da mãe natureza e de todo o universo. No entanto, por parte dos seres humanos, que se tornam irracionais e perversos, há um mundo que está chegando ao fim. Basta olhar aqui no baixo Amazonas, onde 70 mil hectares de matas e florestas foram substituídas por agronegócio e agrotóxicos de várias espécies. Quantos outros hectares de mata e floresta já foram derrubados para grandes fazendas aqui na região?

Há poucos dias, estive atendendo uma pessoa doente na vila Cipoal. Era doente de câncer. Em seguida,me chamaram para atender espiritualmente outra pessoa doente de câncer. Então indaguei sobre outros casos de câncer naquela área. Contaram seis casos recentes. Alguns anos atrás não se morria tanto por causa de câncer, mas desde o ano dois mil e três para cá, o caso é sério. Quem diz que não tem nada a ver câncer com o intenso uso de glifosato e outros chamados defensivos agrícolas.

Nesta semana passada, os termômetros marcaram 36 graus na sombra aqui na região. Dizer que isso é por causa do verão, é simplista. Com tanto desmatamento, esse calor é sinal de um mundo chegando ao fim. Mas não só o agronegócio é responsável por tudo isso. Nestes dias, 14 comunidades dos rios Curuauna e Mojú estão angustiadas. A Eletronorte construiu mais uma turbina em sua hidroelétrica, sem se importar com mais de mil famílias que vivem rio acima. Represa as águas para mover suas quatro turbinas e o povo que se lasque. Rio acima está secando e já mal podem arrastar as canoas e a água está poluída. Já na cidade de Santarém, siais do fim do mundo estão aparecendo. Um deles é a morte dos lagos do Mapiri e do Papucu, além do igarapé Irurá. O governo federal investiu alguns milhões de reais para construir duas Estações de tratamento de esgotos na cidade. Nenhuma funciona como devia. A ETE do Mapiri despeja fezes dentro do lago.

Nem a prefeitura, nem a SEMMA, nem a Cosampa se preocupa comesse extermínio do lago do Mapiri. O esgoto do conjunto Minha Casa Minha Vida é canalizado para a ETE, que não funciona como devia e despeja a sujeira no lago. Nem as comunidades impactadas dos bairros, Maracanã, Santa Clara, Mapiri e Liberdade tomam atitude firme em defesa da vida. Vários preferem comer peixe pescado com fezes na barriga. Há informações não oficiais de que o esgoto do Shoping Center Tapajós é lançado no lago do Papucu, anexo ao Mapiri. Será verdade? E o esgoto do novo conjunto Minha Casa Minha Vida da avenida  Moaçara irá também para o lago do Mapiri? Este é o mundo que chega ao fim.

E tem mais assassinato sendo armado agora pela Câmara de Vereadores. Amanhã, o presidente da Casa, está colocando em votação mais uma mudança da lei do solo urbano. Por essa nova, altera lei anterior de 2012 do parcelamento e uso do solo urbano. Por que os vereadores estão apressados em modificar a lei, quando ainda estamos estudando a atualização do Plano Diretor? Qual o interesse dos vereadores? Tudo indica que querem favorecer a construção de portos na área de proteção ambiental Maicá e favorecer construção de prédios de cinco ou mais andares na vila de Alter do Chão. A quem interessa tais mudanças rápidas na lei do solo municipal? Não é isso mais um fim de mundo de Santarém?

Próxima , quarta feira é dia de São Francisco de Assis, padroeiro da ecologia. Será que alguém vai escutar o grito por socorro dos lagos do Mapiri e Papucu? Alguém vai ouvir o clamor do lago do Maicá e do Juá e será que a Eletronrote vai ouvir o clamor de mil famílias que vivem acima da hidroelétrica Curuauna? Resistir é urgente e necessário, o mundo da Amazônia pede socorro. Deus Pai Eterno entregou em nossas mãos o cuidado com a Casa Comum. Se as autoridades se omitem e até querem acelerar o fim do mundo, nós cidadãos temos que assumir as dores da mãe natureza e dos pobres. Você também ouve esses clamores?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.