Jejum quaresmal hoje, como ?

Postado em

Análise da semana para Nossa Voz é nossa vida  –  04.03.2018

No tempo da quaresma somos todos convocados a fazer jejum. Quando eu era um frade franciscano na década de sessenta, entendia que jejuar era deixar de comer muito, renunciar refrigerante, sorvete, etc. Com o tempo e a experiência de vida, fui compreendendo que Jejum mais significativo é perdoar quem me deixou magoado, é pedir perdão de quem machuquei com atitudes grosseiras. Também jejuar, é olhar fora de minha vida pessoal e perceber as necessidades dos outros, defender quem está sendo injustiçado, tomar partido dos que sofrem consequências de agressões à saúde de tantas pessoas. Então, vamos ver uma situação em que o jejum está sendo aguardado de nós seguidores de quaresma.

Nos últimos dias saiu uma notícia num canal de televisão uma possível destruição da Ocupação Bela Vista do Juá, com reintegração de posse de um suposto dono do terreno. Pode ser verdade? Ou Boato? Ou Mentira para assustar duas mil famílias que habitam a ocupação? O que se sabe de oficial? Procuramos a liderança do Movimento de Trabalhadores em luta por moradia de Santarém, MTLM. Dona Margarete Teixeira de Farias, presidente nos passou os seguintes documentos oficiais.

  1. A Associação dos moradores do Bairro Vista Alegre do Juá é legítima registrada com CNPJ 12.804.935/0001-00 com sede própria em frente da ocupação na rodovia Fernando Guihon.
  2. A Ocupação e não invasão como alguns apelidam, é hoje Bairro Bela Vista do Juá. Com duas mil famílias cadastradas, dois terços delas já morando no bairro. A ocupação original tem 205 metros de frente por dois mil de fundo. Tem divididas  mais de 25 ruas, tem espaço de 190 por 190 metros para escola, posto médico, campo de futebol e casa para Pastoral do Menor. O atual bairro começou a ser ocupado em 2014 pacificamente. Hoje outras pessoas estimularam invasão, esta sim, invasão na área próxima ao rio tapajós e lago do Juá. Inclusive falam que policiais, vereadores tomaram terrenos lá.
  3. Quais são as ameaças para as duas mil famílias ocupando a área – a imobiliária Buriti e um herdeiro da família Correa se dizem donos da área ocupada. Por conta disso abriram processo de reintegração de posse. Um juiz de Santarém se apressou em dar sentença de reintegração por liminar. Esta foi contestada por advogados da associação do MTLM e mostraram na justiça que a propriedade da área era falsificada. O processo parou em Belém desde que documentos provaram que a requisição de posse não se sustentava.
  4. A Associação dos moradores do bairro Vista alegre do Juá, passaram a dialogar com o atual prefeito, Nélio Aguiar requerendo a Regularização fundiária Urbana (REURB), baseados na lei federal de julho de 2017 – Número 13.465. Ver anexo I art. 10…
  5. Quem pode requerer do prefeito a legitimação da ocupação do bairro Bela Vista do Juá, e outras que estão ocorrendo na cidade, como no bairro da Vigia? Ver anexo II art 14 poderão requer a Reurb…
  6. Responsabilidade do prefeito para executar   a REURB – ver anexo III – art. 30 Compete aos municípios ….
  7. O Diálogo da Associação bairro Bela Vista do Juá com o prefeito tem havido alguns, nos quais ele se mostrou aberto ao diálogo, está ciente da lei de regulação fundiária urbana. Mas concretamente nada ele fez.

– No dia 10 de outubro de 2017 foi entregue pela presidente da associação Margarete Farias, no gabinete do prefeito um requerimento apresentando os nomes de moradores,  para compor a Comissão paritária afim de realizar a regularização do bairro.

– No dia 05 de dezembro de 2017 foi entregue ao prefeito um requerimento pela presidente da associação do bairro solicitando que o prefeito cobrasse de sua equipe de trabalho providência de andamento a regularização do bairro.

– No dia 05 de fevereiro 2018 a presidente Margarete  entregou no gabinete do prefeito um ofício solicitando que Nélio Aguiar na condição de prefeito municipal e de acordo coma lei de regularização urbana, providenciasse com URGÊNCIA o ordenamento da área destinada à construção de equipamentos públicos do bairro Vista Alegra de Juá.

  1. Até o momento o sr. prefeito não moveu uma palha. Com isso ele revela com quem está seu compromisso. Lamentavelmente os e as eleitoras acreditaram na sua promessa de campanha de que se eleito fosse faria um governo da periferia para o centro. Mas não é o que está acontecendo. Enquanto isso, duas mil famílias estão ameaçadas por boatos de que a polícia militar vai botar pra quebrar tudo que resistir a tal reintegração de posse. Mas moradores do bairro dizem que acima dos poderes humanos está o poder de Deus e tem confiança que de lá não sairão. Ali já um bairro com duas mil famílias, apesar de uns espertalhões estarem metidos no meio como joio no meio do trigo. Jejuar é preciso, mas jejum de solidariedade e defesa dos oprimidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.