Para enfrentar monstro juventude é necessário

Postado em

Análise da semana  – Nossa Voz é Nossa Vida  – 02.12.2018

Vamos chegando ao fim do ano. Depois de trágicas eleições no país. Daqui a pouco vão sair velhas raposas famintas e entrarão novos lobos, vários deles, vestidos com peles de ovelhas. Como interpretar esse grave momento de nossa história? Uns continuam alegres iludidos, pensando que elegeram a mudança boa para os pobres; outros que acompanham os acontecimentos começam a sacar o beco sem saída em que entramos. Um exemplo, é a retiradas de 8.500 médicos cubanos do programa Mais Médicos. (Lago Grande Curuai, que o diga, nunca antes teve um médico morando e cuidando dedicadamente dos doentes, agora tinham esses um médico cubano morando e cuidando com simpatia e competência dos enfermos no Curuai. Agora ele vai embora. Qual o médico brasileiro que topará morar e cuidar dos doentes como aquele cubano?). E agora, como vamos encarar essa triste realidade de janeiro em diante? Cruzar os braços? Lamentar e criticar pelas esquinas?

No Evangelho proclamado nas igrejas no domingo passado, diante do Pilatos representante do poder romano enganador, Jesus enfrenta e lhe diz – Pilatos, meu reino não é do tipo do reino de Roma, nem de Herodes, nem dos doutores da lei. Esse tipo, explora e engana o povo. Meu reino é diferente, quem busca a verdade é do meu reino. Hoje essas palavras são bem atuais. 55 milhões de eleitores foram iludidos  e elegeram um reizinho que se revela muito diferente do reino de Jesus. Muitos cristãos votaram nele, pensando que seria melhor. Nem tomou posse e já se percebe que ele é do reino Roma e de Herodes. Mas não é só lá em Brasília que as coisas estão vindo contra os trabalhadores e os pobres. A disputa acontece aqui em nossa região. No Lago Grande do Curuai, um monstro de sete cabeças está fazendo de tudo para enganar os moradores da região e invadir o Projeto agro extrativista da Gleba., a estrangeira ALCOA. O que ela tem feito em Juruti é um espelho para os moradores do Lago Grande. Além de destruir matas e igarapés para extrair bauxita, há poucos dias expulsou dezenas de famílias de uma área que ela diz ser dela. Agora al ALCOA chega no Lago Grande e começa a iludir comunidades oferecendo dinheirinho para escola, barracão e outras coisinhas. Será que esses moradores vão ser otários? No Evangelho de ontem Jesus afirma: Quem busca a verdade me segue e não anda nas trevas. NA semana passada participei de um encontro bm positivo com 125 jovens do Lago Grande. Senti que os jovens compreenderam o perigo que é a sedução da ALCOA iludindo o povo. Senti que eles e elas saíram do encontro comprometidos em entrar na luta junto com a FEAGLE para defender nosso território e nossa liberdade. Deus queira que os adultos também se juntem aos jovens nessa luta da verdade, cristãos das igrejas católica, evangélicas, sindicato, colônia de pescadores, todos unidos a ALCOA não vencerá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.