Políticas públicas para quem?

Postado em

Análise da semana   Nossa Voz é Nossa Vida  – 10.03.2019

“Dizem que a mulher é o sexo frágil, oi! Que mentira”… diz uma cantiga. A memória e celebração do dia internacional da mulher na última sexta feira, revelam essa verdade. As mulheres foram tratadas milenarmente como submissas ao homem, porém a história tem mostrado que elas tem enfrentado essa mentira. Com sangue e luta tem conquistado parte de seus direitos nos últimos 100 anos. Ainda falta muito para a igualdade de gêneros ser concretizada. O dia 8 de março é data para memória e celebração dessa busca de respeito a seus direitos. Em Santarém as mulheres se uniram a milhões de colegas em todo o Brasil para as manifestações de auto estima e ao mesmo tempo, de alerta para milhares de outras mulheres que são agredidas, humilhadas e assassinadas ainda nestes anos recentes, por homens bestializados.

Outro fato importante a ser refletido por nós foi  a abertura oficial da Campanha da fraternidade aqui na Diocese de Santarém. Aconteceu na última sexta feira. A Rádio Rural transmitiu a cerimônia de abertura e certamente vários ouvintes acompanharam.  Qual o tema deste ano? Qual o lema? Já esta lembrada/o? A CF aborda um assunto importante, Fraternidade e Políticas públicas. O lema – “Serás libertado pelo direito e justiça”.

A liderança da Igreja Convoca, tanto o povo católico como os cristãos, pessoas de boa vontade e todos os governantes para encarar com seriedade a questão das políticas públicas, nos municípios, estados e pelo desastrado governo federal. Políticas públicas como busca de libertação pelo direito e a justiça.  Algumas pessoas podem estranhar que esse seja um tema para reflexão e tomada de  decisões durante a quaresma, um tempo de espiritualidade. Mas não se trata de politicagem, nem de política partidária. Política pública é uma atividade do Estado a serviço do bem comum de toda, ou parte da população necessitadas.

O Sistema único de Saúde, o SUS é política pública; o Bolsa família, o sistema de tratamento adequado do lixo, separando o lixo orgânico do reciclável, espaços de lazer público, esgotamento sanitário, são algumas políticas públicas necessárias e onde a maioria das populações urbanas e rurais são carentes. O que tem a ver essas coisas com a vida religiosa e cristã?  Pois é, Quaresma é preparação à memória da paixão, morte e ressurreição de Jesus. Cabe perfeitamente refletir e agir sobre várias políticas públicas. A falta delas é exatamente a atualização da paixão e morte de Jesus em seu povo. Precisamos agir para que haja ressureição dos  irmãos e irmãs de Jesus hoje. O mestre anunciava a presença do Reino de Deus cada vez que uma pessoa era libertada, como o cego de Jericó, o aleijado na beira da piscina de Siloé, o Lázaro recuperando a vida. Na sinagoga de Nazaré, ele não operou milagres, porque o povo da sua vila só rezava, lia a bíblia e não acreditava que podia expulsar demônios e curar enfermos.

Então, o tema da CF deste ano convoca todos/as da cidade e das comunidades rurais, planalto e várzea a analisar sua área e verificar quais as necessidades básicas para uma vida digna coletiva, que para algumas será o direito a um microssistema de água limpa, uma estrada ao menos piçarrada, um  centro de saúde equipado, uma equipe de policiais responsáveis e como sugere o lema da CF – serás libertado pelo direito e a justiça. Na cidade, é hora de nós moradores indagarmos para onde está pensado lançar as águas de esgotos que estão sendo construídos  atualmente no centro da cidade? Será para o lago do Mapiri? E o Estação de tratamento de esgotos do bairro Uruará, para que está servindo? É dever dos governantes construírem as Políticas públicas, mas nós temos que pressionar e exigir. Tudo isso e mais é dever dos cristãos e cidadãos decidirem como fruto da CF.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.