Justiça do STF e justiça de Deus

Postado em

Análise da semana  Nossa Voz é nossa Vida  – 20.10.2019

O Evangelho proclamado hoje em muitas comunidades cristãs faz uma grande advertência a quem comete injustiças na sociedade e também na comunidade religiosa. Quem só pensa nas suas coisas, ou só pensa em se salvar se cuidar dos outros, que se cuide. Jesus coloca na boca de Deus a advertência assim: “Você acha que Deus não fará justiça aos seus escolhidos que clamam por justiça dia e noite?” Quem são os injustiçados na sociedade e os escolhidos de Deus? Quando se sabe pelas pesquisas sobre a desigualdade social no Brasil, que 100 milhões de brasileiros vivem hoje com 14 reais por dia e outros nem isso. Ao mesmo tempo saber que autoridades, políticos e empresários ganhando 30 mil, 50 mil reais por mês, aí está o clamor de que fala Jesus no evangelho. Deus está vendo esses crimes contra os pobres e fará justiça com certeza.

Mas olhando para a semana que passou, temos boas notícias para refletir. Os debates no sínodo para a Amazônia continua rolando lá no Vaticano, já  vai entrar amanhã, na última semana de estudos e debates. Compromissos novos estão sendo decididos para o bem viver na Amazônia. Entre outros assuntos, dois já estão bem acertados. Um, o direito de todas as comunidades cristãs terem direito de ter a santa missa toda semana. Para isso, é necessário escolher um padre casado na comunidade. Um homem bom pai de família, que seja bem aceito pela comunidade e goste de interpretar a Palavra de Deus. Outro assunto assumido lá no Vaticano é que a mulher tenha mais vez nas decisões da Igreja, com ministérios adequados, pois ela não é inferior ao homem, pelo contrário. Aliás, aqui na nossa região as mulheres são muito mais lideranças de comunidades do que homens.

Além do bom andamento do sínodo para a Amazônia, aqui na região houve outros sinais proféticos. Lá na comunidade São Francisco do Arapiuns, 250 jovens realizaram o chamado Dia nacional da Juventude. Dois dias e meio de muita alegria, partilha de estudos, decisões tomadas pelos jovens. Dois temas principais foram estudados, sobre o sínodo para a Amazônia e seu significado para os jovens, e também foi focado o tema de enfrentamento do monstro de dez cabeças que é a ALCOA que insiste em invadir as terras da gleba Lago Grande. No próximo mês vai acontecer  a Romaria do bem Viver na gleba Lago Grande e os jovens do Arapiuns vão participar em grande grupo. É o sínodo já em andamento aqui na região, com a luta em defesa de nossa casa comum e o combate aos invasores de nosso território.

Outro bom sinal profético aconteceu aqui na cidade no seminário Pio décimo. Sexta e sábado cerca de 70 membros de pastorais sociais debateram e decidiram assumir  a defesa da Amazônia nossa Casa Comum. Foi o segundo seminário das pastorais sócias da diocese. Também ali decidiram publicar uma carta de protesto contra a empresa ALCOA que saqueia minérios e deixa pobreza e buracos nas  comunidades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.